sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Fã faz continuação de sucesso para Harry Potter


Tudo começou sem grandes ambições. O fã da saga Harry Potter, G. Norman Lippert, e sua esposa sofriam do que eles chamam de "depressão pós-Potter" quando Lippert decidiu continuar a história de onde J. K. Rowling havia parado. No dia seguinte ele leu para sua mulher, que aprovou. Em alguns meses, ele tinha um manuscrito de 450 páginas sobre o primeiro ano de James Potter em Hogwarts. Após mais alguns meses, ele tem um site com os dois primeiros livros da série e capítulos do terceiro volume.

Lippert não é o primeiro a criar ficção baseado em livro famosos e que inspiram devoção de seus fãs. O gênero que se chama Fanfic (fan fiction - Ficção feita pelo fã), tem milhares de adeptos e são inúmeros os sites que oferecem continuações de histórias, mas o de Lippert tem um diferencial: Ele consegue copiar o estilo da autora sem perder os pontos importantes da saga Harry Potter, mas sem deixar de acrescentar um pouco de si mesmo na escrita.

James Potter e a Travessia dos Titãs

Como todo livro do Harry Potter que se preza, o primeiro da saga de James Potter, chamado James Potter e a Travessia dos Titãs, começa na estação 9 e 1/2 da King`s Cross. James deixa seus irmãos mais novos para trás, juntamente com seu pai, Harry Potter e sua mãe, Gina Potter.

O pequeno James entra no trem e de cara já encontra seus dois novos melhores amigos. Ralph é um trouxa britânico e Zane é um trouxa americano. Nenhum dos dois tem grandes conhecimentos do mundo da magia e Ralph acredita que o grande Harry Potter é um adolescente, tendo lido um livro desatualizado. Além de ter os elementos essenciais do original, Lippert acrescenta muito ao colocar o trouxa americano Zane, que dá gorjeta para os elfos-domésticos de Hogwarts para o "nível do serviço não decline".

Cada um deles é colocado em uma casa. James vai para a Grifinória, Zane vai para Corvinal e Ralph para a Sonserina. Apesar disso, a amizade continua. Os tempos mudaram e não é necessário ser da casa para frequentar a sala comunal e os três dividem o tempo entre as salas da Grifinória e Corvinal - o pessoal da Sonserina não tem a cabeça tão aberta.

Além do amigo americano de James, há toda uma comitiva de uma escola de bruxaria americana passando o ano em Hogwarts para "trocas culturais". Com ela chega Jackson, um antigo militar que ensina a Tecnomancia, uma mistura de tecnologia e magia, explicando o funcionamento dos quadros encantados, fotografias etc. A Tecnomancia é um dos elementos de maior sucesso de Lippert e ganhou um livro-texto para os fãs do fã.

G. Norman Lippert

O autor escreve outros contos além dos livros da série e os vende no site. Já a série, foi traduzida para sete línguas por colaboradores e pode ser baixada sem custos. De acordo com o autor, a Warner e J. K. Rowling deram permissão para que o site continuasse no ar, uma vez que as histórias da série não tem fins lucrativos.


Um comentário:

Mariana Patrício Melo disse...

eu ja tinha visto isso em outro site. acho legal, pois muitos fãs n queriam q a série acabasse. agora eles tem o q ler. ;)