domingo, 11 de janeiro de 2009

Livro - "Confissões de uma banda"

Livro: Confissões de uma banda
Editora: Galera Record
Autora: Nina Malkin
298 páginas

“Confissões de uma banda” conta a história de quatro adolescentes que devido a circunstâncias únicas são unidos e integram a 6x (pronuncia-se six-ex, que soa como sex), que tem tudo para se tornar a próxima grande banda adolescente. Os integrantes da banda são nomeados de acordo com a sua característica mais marcante: a Voz, a Gostosa, a Chefe e o Garoto. Já deu para imaginar como cada um é, certo?

A coisa mais interessante nesse livro é que cada capítulo é escrito por um dos integrantes. A história é contada como se, logo antes da banda estourar, eles tivessem gravado um vídeo-diário e o livro seria um clipe dessas gravações nas quais eles contam como tudo aconteceu até ali. É como se fosse uma colagem do diário de cada um. Eu, honestamente, não gostei desse formato. Realmente não preciso de um relato detalhado sobre o que cada um dos integrantes da banda está sentindo a cada momento. Acho que no fim das contas os personagens não são interessantes o suficiente para ter seus sentimentos e pontos de vista individuais escritos com tantos detalhes...

William Faulkner

Esse ganhador do prêmio Nobel de Literatura de 1949 foi a primeira pessoa a usar o formato que Nina Malkin reproduz, de escrever cada capítulo do ponto de vista de um personagem, com o seu romance "Enquanto agonizo". A diferença é que a história dele é mais densa, logo faz mais sentido explicar os vários pontos de vista da família da qual ele fala.

NOTA 2 – o livro é uma leitura fácil e divertida, mas não vale o preço (caro!) do livro e você não tira nada dele. Não vou comprar o segundo!

3 comentários:

JOÃO RENATO disse...

não li e não gostei.

Leonardo S. disse...

Tinha pensado no Faulkner assim que você mencionou os diferentes pontos de vista. Aí citou ele no parágrafo seguinte. “Enquanto Agonizo" é ótimo.

Flávia Denise de Magalhães disse...

Eu adorei "Enquanto Agonizo". O livro começa tão esquisito e no final eu estava tão envolvida que ficava xingando o cara em voz alta! haha

Esse é um livro que vale a pena ler.