domingo, 18 de janeiro de 2009

Livro - "Tão Ontem"

Livro: Tão Ontem
Editora: Galera Record
Autora: Scott Westerfeld
316 páginas

Apesar de “Tão ontem” estar classificado como livro para adolescentes e ser publicado pela Galera Record, é um dos melhores livros que li já faz um tempinho. Talvez seja porque eu tenho uma alma adolescente, ou talvez porque ele é bom mesmo! Enrolei muito para comprá-lo, afinal está um pouco caro e acabamos de passar pelo natal, mas a Estante Virtual não me falhou e encontrei ele baratinho!

A história é de um garoto chamado Hunter, que faz parte de um seleto grupo contratado por um grande fabricante de tênis. Eles são chamados de Caçadores de Tendências e são os segundos na pirâmide de consumo. Acima deles ficam os Inovadores, que é exatamente o que é Jennifer, a garota pela qual ele se apaixonou. O trabalho de Hunter é descobrir roupas, detalhes, customizações originais e que podem ser absorvidas pela indústria da moda. Já Jennifer é quem, com seu espírito livre e sua falta de medo de se arriscar, cria esses futuros itens da moda.

Não precisa nem dizer, que, com Jennifer na vida de Hunter, eles acabam se metendo em confusões. Se envolvem com pessoas que têm grande poder na indústria e com outras que querem criar o caos e acabar com a pirâmide do consumo, deixando para cada um decidir por si só o que é “cool” e o que não é.

O livro fala de um assunto muito atual que é o poder das grandes indústrias sobre o que nós gostamos ou deixamos de gostar. Além disso, o autor cria o tênis mais legal do mundo, que é o alvo de todo esse pessoal ao longo do romance.

Só entende quem já leu, mas eu queria esse tênis!

NOTA 5
Livro legal, de fácil leitura. Trata de um assunto importante de forma natural, ao longo da história e, sem percebemos, começamos a refletir sobre o tema do livro.

5 comentários:

Alexei Fausto disse...

parece legal.

JOÃO RENATO disse...

esse é dos bons!

Anônimo disse...

opa, flavia! entre em contato comigo...

ps: acho que vou ler esse livro...

joão amarelo.

Taís Oliveira disse...

custei a perceber que o nome é tradução de "soooo yesterday", expressão bem mais legal em ingles!

Flávia Denise de Magalhães disse...

É mais legal porque faz mais sentido, mas não perdeu toda a ironia, poxa!

eu gostei!